12 C
Londres
domingo, maio 9, 2021

Oficina Ortopédica entrega primeira prótese infantil

Saiba Mais

Após roubo em residência, PM localiza suspeitos no centro de Palmas

Dois jovens de 21 anos foram presos pela Polícia Militar após roubarem uma residência na região central de Palmas,...

Palmas é escolhida no projeto-piloto Destino Turístico Inteligente

A cidade de Palmas está entre as dez capitais escolhidas pelo Ministério do Turismo para integrar o projeto-piloto Destinos...

Professor de Araguaína vence prêmio de linguística brasileira

O professor e pesquisador Dr. Bruno Gomes foi o grande vencedor do prêmio 'Serafim da Silva Neto', prêmio mais...
Cinthia Abreu
Cinthia Abreuhttps://www.mvnoticias.com.br
Cinthia Abreu é jornalista e produtora cultural há cerca de 20 anos. Apaixonada por arte, cultura, natureza, turismo, o Tocantins e sua gente. Sempre disposta a ouvir e contar histórias. Email: [email protected] Instagram: @ciabreu

Criança de 3 anos de idade recebeu prótese ortopédica. Foto: Ascom Prefeitura de Araguaína

A primeira prótese fabricada pela Oficina Ortopédica foi entregue no município de Araguaína. A prótese infantil foi desenvolvida para atender a paciente Ana Júlia Gonçalves, de 3 anos. A menina nasceu com má formação na perna direita e está sendo acompanhada pela secretaria da saúde de Araguaína por meio do CER (Centro Especializado em Reabilitação).

“Desde quando a minha filha nasceu estou correndo atrás dos tratamentos necessários, nós morávamos em Tocantinópolis e eu não sabia que em Araguaína existia um serviço como esse, ainda mais de graça. Fomos atendidos na unidade básica e encaminhados para cá e hoje estou realizando o meu sonho e o da minha filha, que sonhava com o dia em que poderia caminhar normalmente”, contou a mãe da menina, Karine da Conceição Gonçalves.

A unidade começou a funcionar no início do ano e é responsável pela fabricação de produtos ortopédicos, como próteses, órteses, palmilhas, entre outras adaptações, com o objetivo de devolver a autonomia para pessoas com deficiência. Os produtos são feitos sob medida e fornecidos gratuitamente.

Mãe de criança com ‘ossos de vidro’ abre loja virtual plus size para ajudar no sustento da família

 

Qualidade de vida
Todo o trabalho é realizado em conjunto com o CER (Centro Especializado em Reabilitação) que atende diariamente uma média de 100 pacientes com tratamentos especializados. As duas unidades são gerenciadas pelo hospital de amor e oferecem além das próteses, diversas especialidades para tratamento físico, intelectual, auditivo e visual, com fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, fonoaudiólogo, nutricionista, pedagogo, psicólogo, além da equipe médica.

 

Tecnologia de ponta
A oficina conta com salas de treinamento, salas de molde e próteses, sala de tapeçaria e costura. O processo de fabricação de próteses é realizado na própria unidade que também trabalha em parceria com a unidade do Hospital de Amor em Barretos-SP, utilizando equipamentos de ponta como o Robô Victor, o único do Brasil que atende pelo SUS e é responsável pelo molde com as medidas do paciente.

Depois de pronta, a prótese passa por aparelhos que fazem o alinhamento das peças em 3D, oferecendo uma prótese sob medida e alinhada de acordo com cada pessoa. “Os pacientes chegam até a Oficina Ortopédica e o CER por meio da UBS (unidade básica de saúde) que faz o encaminhamento ao centro. Os técnicos realizam diversos testes nos pacientes até identificar as medidas e adaptações ideais para as necessidades de cada paciente e este atendimento individualizado é que garante uma melhor reabilitação”, explicou a secretária da Saúde de Araguaína, Ana Paula Abadia.

Shoppings reabrem com 30% da capacidade

- Advertisement -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Últimas Notícias

Após roubo em residência, PM localiza suspeitos no centro de Palmas

Dois jovens de 21 anos foram presos pela Polícia Militar após roubarem uma residência na região central de Palmas,...
- Advertisement -

Saiba Mais

Após roubo em residência, PM localiza suspeitos no centro de Palmas

Dois jovens de 21 anos foram presos pela Polícia Militar após roubarem uma residência na região central de Palmas,...

Palmas é escolhida no projeto-piloto Destino Turístico Inteligente

A cidade de Palmas está entre as dez capitais escolhidas pelo Ministério do Turismo para integrar o projeto-piloto Destinos...

Professor de Araguaína vence prêmio de linguística brasileira

O professor e pesquisador Dr. Bruno Gomes foi o grande vencedor do prêmio 'Serafim da Silva Neto', prêmio mais...
Cinthia Abreu
Cinthia Abreuhttps://www.mvnoticias.com.br
Cinthia Abreu é jornalista e produtora cultural há cerca de 20 anos. Apaixonada por arte, cultura, natureza, turismo, o Tocantins e sua gente. Sempre disposta a ouvir e contar histórias. Email: [email protected] Instagram: @ciabreu

Criança de 3 anos de idade recebeu prótese ortopédica. Foto: Ascom Prefeitura de Araguaína

A primeira prótese fabricada pela Oficina Ortopédica foi entregue no município de Araguaína. A prótese infantil foi desenvolvida para atender a paciente Ana Júlia Gonçalves, de 3 anos. A menina nasceu com má formação na perna direita e está sendo acompanhada pela secretaria da saúde de Araguaína por meio do CER (Centro Especializado em Reabilitação).

“Desde quando a minha filha nasceu estou correndo atrás dos tratamentos necessários, nós morávamos em Tocantinópolis e eu não sabia que em Araguaína existia um serviço como esse, ainda mais de graça. Fomos atendidos na unidade básica e encaminhados para cá e hoje estou realizando o meu sonho e o da minha filha, que sonhava com o dia em que poderia caminhar normalmente”, contou a mãe da menina, Karine da Conceição Gonçalves.

A unidade começou a funcionar no início do ano e é responsável pela fabricação de produtos ortopédicos, como próteses, órteses, palmilhas, entre outras adaptações, com o objetivo de devolver a autonomia para pessoas com deficiência. Os produtos são feitos sob medida e fornecidos gratuitamente.

Mãe de criança com ‘ossos de vidro’ abre loja virtual plus size para ajudar no sustento da família

 

Qualidade de vida
Todo o trabalho é realizado em conjunto com o CER (Centro Especializado em Reabilitação) que atende diariamente uma média de 100 pacientes com tratamentos especializados. As duas unidades são gerenciadas pelo hospital de amor e oferecem além das próteses, diversas especialidades para tratamento físico, intelectual, auditivo e visual, com fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, fonoaudiólogo, nutricionista, pedagogo, psicólogo, além da equipe médica.

 

Tecnologia de ponta
A oficina conta com salas de treinamento, salas de molde e próteses, sala de tapeçaria e costura. O processo de fabricação de próteses é realizado na própria unidade que também trabalha em parceria com a unidade do Hospital de Amor em Barretos-SP, utilizando equipamentos de ponta como o Robô Victor, o único do Brasil que atende pelo SUS e é responsável pelo molde com as medidas do paciente.

Depois de pronta, a prótese passa por aparelhos que fazem o alinhamento das peças em 3D, oferecendo uma prótese sob medida e alinhada de acordo com cada pessoa. “Os pacientes chegam até a Oficina Ortopédica e o CER por meio da UBS (unidade básica de saúde) que faz o encaminhamento ao centro. Os técnicos realizam diversos testes nos pacientes até identificar as medidas e adaptações ideais para as necessidades de cada paciente e este atendimento individualizado é que garante uma melhor reabilitação”, explicou a secretária da Saúde de Araguaína, Ana Paula Abadia.

Shoppings reabrem com 30% da capacidade

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Últimas Notícias

Após roubo em residência, PM localiza suspeitos no centro de Palmas

Dois jovens de 21 anos foram presos pela Polícia Militar após roubarem uma residência na região central de Palmas,...
- Advertisement -

Saiba Mais

Após roubo em residência, PM localiza suspeitos no centro de Palmas

Dois jovens de 21 anos foram presos pela Polícia Militar após roubarem uma residência na região central de Palmas,...

Palmas é escolhida no projeto-piloto Destino Turístico Inteligente

A cidade de Palmas está entre as dez capitais escolhidas pelo Ministério do Turismo para integrar o projeto-piloto Destinos...

Professor de Araguaína vence prêmio de linguística brasileira

O professor e pesquisador Dr. Bruno Gomes foi o grande vencedor do prêmio 'Serafim da Silva Neto', prêmio mais...
Cinthia Abreu
Cinthia Abreuhttps://www.mvnoticias.com.br
Cinthia Abreu é jornalista e produtora cultural há cerca de 20 anos. Apaixonada por arte, cultura, natureza, turismo, o Tocantins e sua gente. Sempre disposta a ouvir e contar histórias. Email: [email protected] Instagram: @ciabreu

Criança de 3 anos de idade recebeu prótese ortopédica. Foto: Ascom Prefeitura de Araguaína

A primeira prótese fabricada pela Oficina Ortopédica foi entregue no município de Araguaína. A prótese infantil foi desenvolvida para atender a paciente Ana Júlia Gonçalves, de 3 anos. A menina nasceu com má formação na perna direita e está sendo acompanhada pela secretaria da saúde de Araguaína por meio do CER (Centro Especializado em Reabilitação).

“Desde quando a minha filha nasceu estou correndo atrás dos tratamentos necessários, nós morávamos em Tocantinópolis e eu não sabia que em Araguaína existia um serviço como esse, ainda mais de graça. Fomos atendidos na unidade básica e encaminhados para cá e hoje estou realizando o meu sonho e o da minha filha, que sonhava com o dia em que poderia caminhar normalmente”, contou a mãe da menina, Karine da Conceição Gonçalves.

A unidade começou a funcionar no início do ano e é responsável pela fabricação de produtos ortopédicos, como próteses, órteses, palmilhas, entre outras adaptações, com o objetivo de devolver a autonomia para pessoas com deficiência. Os produtos são feitos sob medida e fornecidos gratuitamente.

Mãe de criança com ‘ossos de vidro’ abre loja virtual plus size para ajudar no sustento da família

 

Qualidade de vida
Todo o trabalho é realizado em conjunto com o CER (Centro Especializado em Reabilitação) que atende diariamente uma média de 100 pacientes com tratamentos especializados. As duas unidades são gerenciadas pelo hospital de amor e oferecem além das próteses, diversas especialidades para tratamento físico, intelectual, auditivo e visual, com fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, fonoaudiólogo, nutricionista, pedagogo, psicólogo, além da equipe médica.

 

Tecnologia de ponta
A oficina conta com salas de treinamento, salas de molde e próteses, sala de tapeçaria e costura. O processo de fabricação de próteses é realizado na própria unidade que também trabalha em parceria com a unidade do Hospital de Amor em Barretos-SP, utilizando equipamentos de ponta como o Robô Victor, o único do Brasil que atende pelo SUS e é responsável pelo molde com as medidas do paciente.

Depois de pronta, a prótese passa por aparelhos que fazem o alinhamento das peças em 3D, oferecendo uma prótese sob medida e alinhada de acordo com cada pessoa. “Os pacientes chegam até a Oficina Ortopédica e o CER por meio da UBS (unidade básica de saúde) que faz o encaminhamento ao centro. Os técnicos realizam diversos testes nos pacientes até identificar as medidas e adaptações ideais para as necessidades de cada paciente e este atendimento individualizado é que garante uma melhor reabilitação”, explicou a secretária da Saúde de Araguaína, Ana Paula Abadia.

Shoppings reabrem com 30% da capacidade

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Últimas Notícias

Após roubo em residência, PM localiza suspeitos no centro de Palmas

Dois jovens de 21 anos foram presos pela Polícia Militar após roubarem uma residência na região central de Palmas,...
- Advertisement -