22.3 C
Londres
quinta-feira, setembro 16, 2021

Bolsonaro sanciona lei que permite o exame de DNA em parentes próximos do suposto pai

Saiba Mais

Vaza nude do cantor gospel Lucas e fotos impressiona internautas

O site O BUXIXO GOSPEL publicou nesta terça-feira uma matéria que está respercutindo em meio dos cristãos. No dia...

Após roubo em residência, PM localiza suspeitos no centro de Palmas

Dois jovens de 21 anos foram presos pela Polícia Militar após roubarem uma residência na região central de Palmas,...

Palmas é escolhida no projeto-piloto Destino Turístico Inteligente

A cidade de Palmas está entre as dez capitais escolhidas pelo Ministério do Turismo para integrar o projeto-piloto Destinos...
Beatriz Oeiras
Beatriz Oeiras é jornalista e fotógrafa, apaixonada por pessoas e histórias. Atualmente desenvolve trabalhos voltados para a área política.

A nova legislação altera um trecho da Lei de Investigação da Paternidade (Lei 8.560/1992), para acrescentar a previsão de exame em parentes próximos -Foto: Rizemberg Felipe

Nesta segunda-feira, 19, o Presidente da República sancionou a lei que tramitou pelo congresso, por pelo menos, 12 anos. A nova legislação permite em sede de ação de investigação de paternidade, a realização do exame de pareamento do código genético (DNA) em parentes do suposto pai, nos casos em que o mesmo tenha falecido ou não possa ser localizado. 

Prefeita nomeia Thiago Dourado como secretário municipal extraordinário de Assuntos Estratégicos

A Lei 8.560/1992, publicada no Diário Oficial da União (DOU), prevê que o parente consanguíneo poderá ser autorizado por um juiz a realizar o exame. 

A proposta da realização do exame em parentes próximos do suposto pai foi apresentada pela primeira vez em 2009, pela Senadora Marisa Serrano (PSDB-MS). Em 2015, teve a aprovação do Senado  e da Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados.

Ex-Prefeito de Brejinho de Nazaré é condenado em Ação movida pelo Ministério Público

- Advertisement -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Últimas Notícias

Vaza nude do cantor gospel Lucas e fotos impressiona internautas

O site O BUXIXO GOSPEL publicou nesta terça-feira uma matéria que está respercutindo em meio dos cristãos. No dia...
- Advertisement -

Saiba Mais

Vaza nude do cantor gospel Lucas e fotos impressiona internautas

O site O BUXIXO GOSPEL publicou nesta terça-feira uma matéria que está respercutindo em meio dos cristãos. No dia...

Após roubo em residência, PM localiza suspeitos no centro de Palmas

Dois jovens de 21 anos foram presos pela Polícia Militar após roubarem uma residência na região central de Palmas,...

Palmas é escolhida no projeto-piloto Destino Turístico Inteligente

A cidade de Palmas está entre as dez capitais escolhidas pelo Ministério do Turismo para integrar o projeto-piloto Destinos...
Beatriz Oeiras
Beatriz Oeiras é jornalista e fotógrafa, apaixonada por pessoas e histórias. Atualmente desenvolve trabalhos voltados para a área política.

A nova legislação altera um trecho da Lei de Investigação da Paternidade (Lei 8.560/1992), para acrescentar a previsão de exame em parentes próximos -Foto: Rizemberg Felipe

Nesta segunda-feira, 19, o Presidente da República sancionou a lei que tramitou pelo congresso, por pelo menos, 12 anos. A nova legislação permite em sede de ação de investigação de paternidade, a realização do exame de pareamento do código genético (DNA) em parentes do suposto pai, nos casos em que o mesmo tenha falecido ou não possa ser localizado. 

Prefeita nomeia Thiago Dourado como secretário municipal extraordinário de Assuntos Estratégicos

A Lei 8.560/1992, publicada no Diário Oficial da União (DOU), prevê que o parente consanguíneo poderá ser autorizado por um juiz a realizar o exame. 

A proposta da realização do exame em parentes próximos do suposto pai foi apresentada pela primeira vez em 2009, pela Senadora Marisa Serrano (PSDB-MS). Em 2015, teve a aprovação do Senado  e da Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados.

Ex-Prefeito de Brejinho de Nazaré é condenado em Ação movida pelo Ministério Público

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Últimas Notícias

Vaza nude do cantor gospel Lucas e fotos impressiona internautas

O site O BUXIXO GOSPEL publicou nesta terça-feira uma matéria que está respercutindo em meio dos cristãos. No dia...
- Advertisement -

Saiba Mais

Vaza nude do cantor gospel Lucas e fotos impressiona internautas

O site O BUXIXO GOSPEL publicou nesta terça-feira uma matéria que está respercutindo em meio dos cristãos. No dia...

Após roubo em residência, PM localiza suspeitos no centro de Palmas

Dois jovens de 21 anos foram presos pela Polícia Militar após roubarem uma residência na região central de Palmas,...

Palmas é escolhida no projeto-piloto Destino Turístico Inteligente

A cidade de Palmas está entre as dez capitais escolhidas pelo Ministério do Turismo para integrar o projeto-piloto Destinos...
Beatriz Oeiras
Beatriz Oeiras é jornalista e fotógrafa, apaixonada por pessoas e histórias. Atualmente desenvolve trabalhos voltados para a área política.

A nova legislação altera um trecho da Lei de Investigação da Paternidade (Lei 8.560/1992), para acrescentar a previsão de exame em parentes próximos -Foto: Rizemberg Felipe

Nesta segunda-feira, 19, o Presidente da República sancionou a lei que tramitou pelo congresso, por pelo menos, 12 anos. A nova legislação permite em sede de ação de investigação de paternidade, a realização do exame de pareamento do código genético (DNA) em parentes do suposto pai, nos casos em que o mesmo tenha falecido ou não possa ser localizado. 

Prefeita nomeia Thiago Dourado como secretário municipal extraordinário de Assuntos Estratégicos

A Lei 8.560/1992, publicada no Diário Oficial da União (DOU), prevê que o parente consanguíneo poderá ser autorizado por um juiz a realizar o exame. 

A proposta da realização do exame em parentes próximos do suposto pai foi apresentada pela primeira vez em 2009, pela Senadora Marisa Serrano (PSDB-MS). Em 2015, teve a aprovação do Senado  e da Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados.

Ex-Prefeito de Brejinho de Nazaré é condenado em Ação movida pelo Ministério Público

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Últimas Notícias

Vaza nude do cantor gospel Lucas e fotos impressiona internautas

O site O BUXIXO GOSPEL publicou nesta terça-feira uma matéria que está respercutindo em meio dos cristãos. No dia...
- Advertisement -

VEJA MAIS